Dicas de Músicas Para Cerimônias de Casamento

É inquestionável que a escolha das músicas é um passo importante para transmitir todas as emoções que a celebração carrega, além de falar muito sobre a personalidade dos noivos. Para acertar em cheio, é importante criar uma playlist equilibrada e que agrade a maioria de seus convidados, além de combinar com a proposta da festa. Preparamos dicas e uma seleção de músicas para casamento 2018 para inspirar!

Casal de noivos dançando na rua |Foto: iStock
Foto: iStock


Músicas para casamento 2018: as tendências e como definir a playlist

A cantora Roberta Rique explica que é preciso muita cautela na hora de escolher as músicas para casamento que irão personalizar a sua cerimônia. “É necessário avaliar alguns pontos antes de criar a trilha ideal. “Devemos sempre nos atentar à proposta do casamento, se é mais elegante ou despojado, à faixa etária dos convidados e ao estilo musical dos noivos e convidados”, declara.

“Com base nesses pontos montamos uma playlist bastante divertida e coerente. Por isso, é muito importante fazer reunião com os noivos, entender tudo sobre a vida deles”, completa a cantora.

Músicas para casamento 2018 veja seleções incríveis
Foto: Pinterest

 

Roberta enfatiza que a trilha sonora deve ser especial para o casal, mas que também deve seguir uma ordem crescente. “Sempre das mais calmas para as mais animadas”, conta. “E, claro, artistas clássicos como Tim Maia, Tom Jobim e Stevie Wonder sempre possuem boa aceitação e agradam a todos.”

As músicas nacionais para casamento também são muito pedidas pelos noivos. Algumas indicações são:

  • “Singular”, da dupla Anavitória
  • “Ainda Bem”, de Thiaguinho
  • “De Janeiro a Janeiro”, de Roberta Campos


Combinando os gostos musicais                            

O DJ Rodrigo Mantega, da Ricardo Dias Eventos, ressalta um ponto importante: combinar o gosto musical do casal antes de iniciar o processo de escolha. “Cada um tem suas particularidades. Tem alguns que gostam do mesmo estilo, mas outros são totalmente opostos. Sempre fazemos uma reunião de briefing musical para perguntar quais gêneros devem tocar e quais são proibidos”, explica.

O profissional também aponta que os gêneros pop, house e suas vertentes, rock, indie rock, e o tradicional flashback, geralmente estão entre os mais pedidos.

Casal dançando na praia |Foto: iStock
Foto: iStock

 

Músicas para casamento religioso

Quando a cerimônia é religiosa, é preciso tomar alguns cuidados na hora de escolher as músicas para casamento 2018. “É importante levar em consideração o ministro da igreja. Mas os noivos também precisam expor os seus gostos para montar um repertório com base nas músicas que sejam especiais para eles”, explica Roberta.

Músicas para casamento 2018 cerimônia religiosa
Foto: Pinterest

 

Segundo a profissional, a canção “Ave Maria” segue como a mais pedida em cerimônias religiosas. Porém, Mantega afirma que há outras opções que também fazem sucesso. “Clássicos como ‘Marcha Nupcial’ e instrumentais dos Beatles e de canções da MPB estão entre as mais pedidas”, declarou.

Segundo o DJ, mesmo em casamentos religiosos, os noivos têm feito alguns pedidos mais inovadores e que deixam a cerimônia mais personalizada. “Trem Bala”, de Ana Vilela, está fazendo sucesso na entrada das daminhas e dos pajens. Já “Perfect”, de Ed Sheeran, virou alternativa para a entrada da noiva. E até os temas da Liga dos Campeões da Europa e da série Game of Thrones foram utilizados para a entrada do noivo e dos padrinhos, respectivamente.


Sugestões de música para casamento 2018

Em seu site, Roberta cita diversas opções para todos os momentos da cerimônia. Confira algumas:

  1. Entrada dos padrinhos: “Wave”, de Tom Jobim, “What a Wonderful World”, de Louis Armstrong, “Make You Feel My Love”, de Adele, “Endless Love”, de Lionel Richie e Shania Twain.
  2. Entrada dos pais: “Daughter”, de John Mayer, “I”ll Be There”, de Mariah Carey, “Wonderful World”, de Louis Armstrong e suas versões.
  3. Entrada do noivo: “Your Song”, de Elton John, “Pétala”, de Djavan, “I Don’t Wanna Miss a Thing”, do Aerosmith, “Pensando em Você”, do Paulo Moska.
  4. Entrada da noiva: “Marcha Nupcial”, “A Thousand Years”, de Christina Perri, “Something”, dos Beatles“Linger”, de Cranberries, “Sol de Primavera”, de Flávio Venturini.


Músicas para festa de casamento

A expectativa é que diversas músicas que fizeram sucesso em 2017 continuem bombando na hora de escolher as músicas para casamento 2018. “Todos os sucessos do último ano tocaram nos nossos casamentos. As músicas que fizeram sucesso no passado, entretanto, sempre são pedidas”, afirma Mantega.

De acordo com o DJ, as músicas para casamento 2017 que mais fizeram sucesso foram exatamente as que mais tocaram nas rádios. Hits como “Despacito”, de Luis Fonsi e Daddy Yankee, “Felices los 4”, de Maluma, e “24K Magic”, de Bruno Mars, foram algumas das mais pedidas nas festas. “E a tendência é que continuem fazendo sucesso em 2018”, explica.

Dicas Para Fazer Um Casamento Sensacional

Você é daquelas noivas que tem mil fotos salvas como inspiração para escolher a decoração de casamento? Se sim, você não está sozinha. O fato é que a preocupação de criar um ambiente lindo é a preocupação de dez entre dez noivas.

Decoração de casamento: por onde começar

Para especialistas da Madame Fiori, empresa especializada em eventos e decoração de casamentos, uma decoração preenchida, com detalhes especiais, com a sua cara ficará eternizada nas fotos e na memória de todos. “Nós dizemos sempre: quando você receber as fotos do casamento, ao se deparar com o ambiente da imagem, irá automaticamente lembrar da gastronomia maravilhosa, a pista de dança divertida, os drinks maravilhosos e toda a emoção sentida naquele dia. Cerca de 59% das pessoas têm a parte visual mais aflorada e que ativa automaticamente a memória, e é na decoração que você vai remeter todo o dia inesquecível do seu casamento”, afirma.

E aí, não sabe como decidir a decoração do casamento? Confira algumas dicas de especialistas para fazer bonito:

 

Decoração de casamento estilo do casal


1. 
Entenda o estilo próprio do casal

Antes de qualquer coisa, um passo importante para o casal escolher a decoração de casamento é entender suas preferências. Na Madame Fiori, a criação de uma decoração só será original se os convidados, ao chegarem no casamento, se identificarem com o casal através da decoração. “A criação da identidade da festa acontece a partir dos estilos pré-definidos como rústicos, clássicos, boho, contemporâneo, mas é dentro da história do casal e seu estilo de vida que nós conseguiremos criar um ambiente especial e personalizado, como por exemplo, peças especiais, tipos de mobiliários, elementos de cenografia e até mesmo nos itens aéreos”, destaca a especialista.

Por isso, é importante ter certo cuidado com as tendências também. “Acompanhar as tendências é muito bom! Tenha sempre em mente quando será o seu casamento, pois dependendo da antecedência que você está em seu planejamento as tendências mudam e você pode mudar também. O importante quando criamos a decoração de fato é nos inspirarmos na personalidade dos noivos sempre!”, pontua.

decoração de casamento Dudu Vasconcelos
Dudu Vasconcelos/ Divulgação


2. Entenda o DNA dos seus convidados

Para Fábio Puppi, da 1-18 Project, é importante entender o perfil dos convidados na hora de escolher a decoração como forma de fazer com que se sintam acolhidos e que o casamento também esteja de acordo com o perfil deles. “Neste momento, ter a lista de casamentos é super importante”, avalia Fábio.

3. Avalie o orçamento disponível para a decoração para o casamento

Ninguém quer começar a vida a dois com dívidas, não é mesmo? Por isso, saber o quanto há disponível para gastar é fundamental.

Decoração de casamento orçamento
Foto: iStock


4. Verifique a estrutura do espaço escolhido para o casamento

Uma das escolhas mais importantes na decoração de casamento é a do local para a realização da cerimônia e da festa. Existem muitos espaços que são adaptáveis aos desejos dos noivos, mas outros nem tanto. E, às vezes, a adaptação pode custar caro. “Se o sonho dos noivos é ter uma decoração aérea para casamentos, por exemplo, mas a casa não comporta, não há o que fazer. E já vi casos também em que os noivos contrataram o espaço pela internet para um destination wedding e foi preciso fazer várias adaptações para a decoração ficar de acordo com o gosto deles, o que saiu mais caro”, explica Fábio Puppi.

Madame Fiori acredita que um espaço muito frio, com arquitetura mais clara e sem possibilidades de aéreos, e que possui muitos pontos a serem ambientados ou maquiados com a decoração pode alterar o investimento tornando a parte da cenografia e ambientação uma prioridade. “O mais importante quando você vai escolher o local é você se sentir bem, acolhido e ter a sensação que seus convidados e familiares terão ali uma noite muito especial. A decoração pode fazer com que qualquer espaço seja transformado e totalmente personalizado com o estilo do casal”, destaca.

Pinterest/Reprodução

Outra questão a ser avaliada na hora de fazer um projeto de decoração, segundo Puppi, são as atrações do casamento para definir as áreas de passagem e para comportar melhor os convidados.

 5. Leve em consideração a época do ano, o clima e o horário

O clima também deve ser levado em consideração na hora da escolha da decoração – especialmente no caso de casamentos ao ar livre. “É importante ter um plano B em caso de chuva”, alerta Madame Fiori.  Além disso, o horário também pode influenciar na escolha das cores, da iluminação e da decoração de forma geral.

Decoração de casamento se vai fazer sol
Dudu Vasconcelos/ Divulgação


6
. Pesquise as flores da estação

Verificar com o florista as opções de flores da estação pode ser uma boa pedida para economizar e ter boa qualidade. “As flores da estação são mais frescas, mais alegres e mais fáceis de encontrar”, afirma Madame Fiori. No entanto, ela destaca que hoje existem diversas opções de flores, até as mais exóticas brasileiras dependo da estrutura do designer floral. “Priorize sempre a qualidade do seu decorador. Se ele optar por flores nacionais que assemelhem às suas referências e que ele te garantirá a melhor qualidade sem sair do seu projeto, confie”, opina.

Para Puppi, esta conversa com o decorador é essencial. “Ele irá saber como está a qualidade das flores. Há anos em que é possível conseguir tulipas, que são flores de inverno, até outubro”, sugere Puppi.

decoração de casamento
Dudu Vasconcelos/ Divulgação

7. Pesquise referências, mas confie no seu decorador

Se você é daquelas que tem mil pastas no Pinterest, saiba que é super normal, principalmente no início, quando ainda está buscando a sua identidade e estilo. No entanto, Madame Fiori recomenda que se tenha cuidado com os estilos escolhidos. “Tudo realmente é lindo, mas você pode se perder em meio a tantas referências”, aponta.

Uma boa dica para se “encontrar” em meio a tantas imagens, é apresentá-las ao decorador. “Isso ajuda a definir um pouco do seu gosto, mas deixe que ele crie o seu projeto de forma mais livre e que ele apenas se inspire em sua referência. Outra boa dica é quando você e seu decorador definirem o projeto, você pode ver menos fotos assim você não se confunde com o que já está criado e idealizado”, comenta Madame Fiori.

8. Tenha uma boa assessoria

Para Puppi, quando os noivos contratam uma boa assessoria, eles obtêm boas dicas de fornecedores e informações para organizar o casamento, além de ter um direcionamento voltado para as necessidades e o perfil da festa dos noivos.

As Músicas Mais Pedidas Pelos Noivos

A música costuma embalar os principais momentos da vida das pessoas, mexendo com a emoção e embalando as mais diversas histórias de amor. Ela descreve sentimentos que muitas vezes temos dificuldade de interpretar e carrega palavras que representam ao pé da letra as experiências vividas. Cada um tem sua própria trilha sonora, para as fases ruins e, principalmente, para os acontecimentos marcantes. Por isso, escolher um repertório musical que traduza o seu romance particular é um dos passos para deixar o grande dia ainda mais personalizado.

Pensando nisso, montamos um ranking com as canções mais selecionadas pelos noivos para sites de casamento e para a playlist da festa. Confira o top 10 das mais pedidas no último ano:

1º – A Thousand Years  por Christina Perri

Dança dos Noivos Foto Marcia Charnizon

2º – Pra Sonhar por Marcelo Jeneci

Dança dos Noivos Foto Marcos Felice

3º – Pra você guardei o amor por Nando Reis

 

Dança dos Noivos Foto Marcia Charnizon

4º – I’m Yours por Jason Mraz

Dança dos Noivos Foto Marcia Charnizon

5º – Marry You por Bruno Mars

Dança dos noivos Foto Franco Rossi Fotografia

6º – Better Together por Jack Johnson

Dança dos noivos Foto Art Imagem- Carolina Neves e Fabrício Sviroski

7º – Everything por Michael Bublé

Dança dos noivos Foto Marco Costa Photography

8º – Sugar por Maroon 5

Dança dos noivos Foto Fábio Martins Foto Equipe

9º – Lucky por Jason Mraz feat. Colbie Caillat

Dança dos noivos Foto Renata Xavier

10º – Thinking Out Loud por Ed Sheeran

Dança dos noivos Foto Monjardim Noleto

 

Dicas Para Fazer Uma Festa de 15 Anos Incrivel

Organize e planeje a festa de 15 anos com antecedência

organizacao-festa-de-15-anos

A organizar com antecedência faz com que os pais tenham tempo para pesquisar empresas de organização de eventos, buffet, e prestadores de serviços , assim eles podem decidir quais empresas e profissionais oferecem o melhor custo-benefício. Portanto planejar a festa pelo menos 1 ano antes vai ajudar muito na economia.

Parcele o que puder sem pagar juros

15-anos-festa-barata

Outra vantagem é a forma de pagamento facilitada para quem organiza com antecedência. Pesquisar com antecedência permite planejar tudo, inclusive o pagamento, que pode ser feito com parcelas mais suaves e menos preocupação para os pais. Se você contratar um serviço um ano antes da festa, pode pagar pelo serviço parceladamente e ainda obter desconto.

Escolha um dia de semana se for alugar salão de festas

escolher-data-para-festa de 15 anos

A melhor opção é uma festa em um lugar não alugado, ( salão de festa de amigos ou do seu prédio, uma casa com espaço amplo emprestada, uma chácara de amigos) , mas se este não for o seu caso ou  o que você deseja, e você tenha que alugar o espaço, pense em uma festa fora do final de semana. Se o seu dia de aniversário cair no final de semana, e você quer economizar, programe a festa para depois desse dia, em um dia da semana  os salões de festa costumam oferecer vantagens bem atraentes nessas datas.

Um tema para a festa de 15 anos

festa-a-fantasia-em-casa

Uma festa de 15 anos convencional envolve um ritual, um cerimonial completo de uma festa a moda antiga, que por suas várias etapas acabam aumentam muito o custo da festa se comparado a uma festa temática.

Uma festa temática para comemorar os 15 anos é fora do convencional, é considerado um modo moderno de comemorar e ainda por cima uma boa opção para economizar. Ai, dependendo deste tema,  você vai pensar no resto, onde vai ser a festa, as cores, a decoração e tudo mais. E com certeza vai economizar em muitos pontos.

Vestido de festa da debutante

vestido-de-debutante-dois-em-um-saia-remov__vel-capa

Se você fizer uma festa temática não vai precisar de três vestidos diferentes, e mesmo que seja uma festa tradicional dá para usar um vestido de debutante com cauda removível o vestido conhecido como dois em um. Veja no link nossa matéria sobre este tipo de vestido. Assim você vai ter mais uma forma de economizar. Ele pode ser feito por uma boa costureira que é a opção mais em conta, ou pode ser alugado, essas duas formas ficam mais baratas do que comprar pronto um vestido novinho.

Faça você mesma a Decoração

1c6b8e91b577caece68a534bebc898db

Sim, é possível! Uma decoração para festa de 15 anos  simples, bem criativa e com cores fortes,decoração de festa de 15 anos com balões, por exemplo, podem alegrar sem precisar de gastar muito. Basta programar tudo com antecedência e pedir a ajuda dos amigos, parentes e colocar a mão na massa. Dá para fazer a decoração, as lembrancinhas e pensar em detalhes que tenham a ver com o seu estilo e fazer com que a sua festa tenha a sua cara. Se não quiser ou não puder fazer você mesma, fuja daquelas festas “enlatadas”, programadas, como as que a maioria das empresas que organizam festas costuma oferecer. Se optar por uma festa contratada, não aceite nada padronizado, para que você possa imprimir os seus detalhes e fazer com que a festa tenha apenas o necessário.

Limite de convidados e convites

organizacao-festa-de-15-anos-lista-de-convidados

Já que é para economizar, convide os estritamente  necessários, apenas quem realmente importa. A quantidade de pessoas em excesso pesa no orçamento e faz com que a festa se torne mais cara. O que mais importa neste dia, é que estejam os amigos mais queridos, os parentes mais queridos, as pessoas que façam bem a quem é aniversariante. E pensar nos convites, escolher o modelo, como eles vão ser, se vai pagar para fazer, se você mesma vai fazer. Veja nesta matéria todos os detalhes e dicas para escolha do convite ideal para festa de aniversário.

Dispense o supérfluo

Se não for importante não é necessário. Como por exemplo, as lembrancinhas, elas podem ficar de fora. Se achar de quer dar alguma coisa, opte pelo que for mais em conta. Os convidados para uma festa mais intima vão entender e não farão questão disso. Vale lembrar que o que não pode faltar é som, bufê (com pelo menos um coquetel básico), uma decoração, ainda que simples, e o convite.

Bufê barato

festa-de-15-anos-o-que-servir

Um bufê jovem com finger foods (comidinhas) é o ideal para economizar. Um dos itens mais caro se não for o mais caro, é o bufê. Então prefira excluir os canapês sofisticados que não são os preferidos dos jovens. O que eles realmente preferem são as pizzas, cachorro quente, comidas divertidas e gostosas e que além de tudo são menos caras. Este tipo de bufê se aplica ao estilo temático e moderno de festejar, uma vez que o ritual tradicional envolve um jantar completo  que onera bastante o orçamento. Então é mais um motivo para escolha da festa temática que ajuda a fazer economia.

Mesa do bolo e doces

mesa de doces-para-festa de 15 anos -2

A mesa do bolo  precisa ser especial, pois é o cantinho onde acontece as fotos com a família, e as fotos dos parabéns. Além do bolo que precisa ser gostoso, o cantinho pode ser feito com um painel também ao estilo “ faça você mesma”. Se não puder fazer, procure simplificar ao máximo, e usar o bom senso na escolha do bolo, que pode ser mais simples ou um bolo fake e  dar preferência aos docinhos e guloseimas mais em conta.

SHOW: Músicas Inesquecíveis para Casamento

 

No Show “Músicas Inesquecíveis para Casamento” o cantor Alysson Takaki, acompanhado pelos músicos Admilson Bispo (Violino), Deniel Moraes (Percussão), Gregoree Jr (Teclado), Larissa Vitorino (Violão e Voz), Manoel Cardoso (Acordeon), Mikael Veras (Baixo) apresenta um repertório dedicado a inspirar casais apaixonados rumo ao altar. Temas clássicos juntam-se a canções populares e atuais para compor ambientes sonoros diferentes, demonstrando que, para cada casal há uma trilha sonora ideal, que harmonize com o gosto musical dos dois e que componha com o local escolhido para o enlace.

O evento será gratuito e restrito aos casais inscritos. As vagas são limitadas mediante inscrição contato@alyssontakaki.com.br

Venham se emocionar!
Dia 03 de maio.
Teatro do Brasília Shopping
19h

10 Dicas Para Ter Um Casamento Impecável

1. Escolha um estilo

Antes de começar a fazer o projeto para o seu casamento, é importante eleger o estilo da decoração, que servirá como um fio condutor para a escolha de todos os outros elementos. Você pode escolher entre clássico, rústico, vintage, boho, minimalista, romântico, descolado, eco-chic etc.

Somente depois dessa eleição, você poderá definir os materiais que serão utilizados na confecção de artigos decorativos, o tipo de mobiliário, as lembrancinhas e até mesmo as flores que mais combinam com a sua festa.

Uma dica de estilo que virou tendência é o rústico. Indicado principalmente para cerimônias diurnas e ao ar livre, usam-se materiais como madeira, sisal e juta.

Se você quer algo mais descolado e jovem, considere utilizar uma decoração retrô/vintage, que cai muito bem em qualquer horário e local.

2. Mantenha uma paleta de cores

A decoração do seu casamento deve manter todos os elementos em coesão para construir um visual harmônico. Para isso, você deve escolher uma paleta de cores para ser aplicada em todo o projeto.

Algumas paletas que estão em alta são aquelas baseadas em tons pastéis e em branco. Os primeiros são mais indicados para cerimônias românticas e diurnas, por conferir um ar de delicadeza. Já o branco é ideal para quem busca uma decoração elegante e pode ser incrementado com toques dourados ou prateados.

3. Selecione as flores para os arranjos

Definidos o estilo e a paleta de cores, você tem o necessário para selecionar as flores que vão compor o seu arranjo. Para um casamento rústico, aposte em flores do campo. Para cerimônias clássicas, as dicas são as tradicionais rosas ou tulipas. Se você quer inovar, considere fazer arranjos com flores tropicais.

É importante lembrar que flores são produtos sazonais, por isso, você deve ficar de olho nas que florescem na época do seu casório para não se frustrar.

Tratando-se de formato, uma tendência que veio para ficar é a de arranjos desconstruídos, montados com a mistura de folhas, flores e diferentes texturas. Esse tipo é um excelente diferencial para uma festa de casamento e, por ser adaptável, pode ser usado tanto em cerimônias informais quanto nas mais elegantes.

4. Capriche na entrada da cerimônia

Uma entrada bem decorada é uma ótima forma de dar boas-vindas aos seus convidados. A escolha dos elementos para esse espaço vai depender de questões relacionadas ao tipo de cerimônia, ao local de realização e ao horário.

Para casamentos no campo, você pode investir em um arco florido ou portas de madeira antigas. Para locais fechados, uma dica é usar o clássico tapete indicando o caminho do cortejo, que pode ser enriquecido com arranjos florais ou até mesmo velas acesas à margem.

5. Decore o altar

O altar é o lugar para onde todas as atenções vão convergir no momento da cerimônia. Por isso, é necessário dar uma atenção especial à sua decoração. Use arranjos florais grandes para dar destaque. Pode ser usado também um arco de flores, que serve como uma moldura para o casal.

Para quem quer inovar, considere utilizar uma cortina de luzinhas como plano de fundo ou até mesmo dobraduras de origami penduradas.

6. Não se esqueça da mesa dos convidados

A mesa dos convidados também merece atenção na hora de planejar a decoração do casamento. Você deve utilizar arranjos de um tamanho médio e com pouca altura para não atrapalhar a visão dos convidados nem ocupar muito do espaço útil da mesa.

Além disso, você pode optar por um jogo americano ou sousplat que combine com a decoração e investir em um porta-guardanapos decorado.

7. Aposte em uma mesa para os noivos

A mesa dos noivos é uma tradição que está voltando aos poucos e ajuda a dar destaque aos protagonistas da festa. Ela simboliza o início da vida a dois e evita ter que escolher uma das famílias para os noivos sentarem juntos.

Para decorá-la, use plaquinhas sinalizando a cadeira de cada um e aposte em um arranjo diferente, podendo ser maior do que os utilizados nas mesas dos convidados.

8. Invista na mesa de doces e bolo

O bolo de casamento é um dos elementos que merecem destaque e, por isso, deve ser colocado em um local que o ponha em evidência. Se você pretende usar somente uma mesa para bolo e doces, coloque-o no centro e distribua os elementos de forma equilibrada para não ficar nem muito cheio nem muito vazio.

Para decorar, aposte em arranjos florais e bandejas ornamentadas, que enriquecem o visual. Além disso, escolha docinhos que não sejam somente gostosos, mas também bonitos.

9. Ornamente a entrada da festa

Se a festa do casamento for realizada em um local diferente da cerimônia, você também deve decorar a entrada do local para dar boas-vindas aos convidados.

Para tanto, você pode se valer de um mural de recados, um painel com fotos do casal e uma estante decorada com as lembrancinhas. Além disso, também é comum criar um ambiente especial, como uma sala de estar com pufes, poltronas ou até mesmo um sofá.

10. Monte um local para fotos

Uma tendência muito atual é criar um espaço específico para tirar fotos. Esse local geralmente fica próximo à entrada da festa e pode ser um ambiente completo ou somente um painel, que serve como plano de fundo.

A principal dica é investir em uma boa iluminação e caprichar no plano de fundo, que pode ser um quadro-negro com desenhos e frases que lembrem o casal.

Agora que você sabe como fazer a decoração do casamento de forma impecável, conheça mais sobre o romantismo do estilo vintage!

Como escolher as músicas para a sua cerimônia

Se seu casamento é em Igreja, verifique as normas da mesma e a quantidade de entradas e músicas permitidas para a cerimônia.

Se seu casamento é em Sítio ou Buffet, você tem mais liberdade para escolher as músicas e fazer as entradas.

Apenas lembre que quanto mais entradas você colocar mais tempo vai durar a cerimônia: um casamento com 8 músicas dura em média 1 hora, um casamento com 12 músicas vai durar cerca de 1 hora e meia, tempo muito longo para convidados e principalmente as crianças. Use o bom senso. Caso não consiga usar todas as músicas que gostaria na cerimônia, peça ao coral que toque algumas na sala de espera ou que o DJ ou Banda toque na festa.

Cada momento pede uma música de cerimônia adequada e o pacote que você fechou com o Coral ou Orquestra também vai influenciar bastante na definição das músicas.

Para a entrada dos Padrinhos ou Noivo:

Você pode optar por uma música instrumental, um tema de filme cantado, sempre levando em consideração que essa é a primeira música do casamento e que de modo algum deve sobressair a entrada seguinte – a da noiva.

Entrada da Noiva:

Pede uma música mais forte, mais marcada, geralmente usa-se a Marcha Nupcial antecedida de Clarinada ou Campanas. Caso a noiva queira uma música suave, devera encontrar um equilíbrio com a música anterior.

Entrada de Pajens, Daminhas e Floristas:

Temas clássicos suaves e temas de filmes infantis, com solos de instrumentos como violino ou flauta.

Benção:

Uma música sacra, que faça parte do contexto desse momento. Em casamentos católicos a Ave Maria é obrigatória, em casamentos evangélicos sugiro o Pai Nosso.

Cumprimentos:

Esse, geralmente, é um momento mais livre, onde aquela música romântica que fez parte do namoro pode entrar. Há temas tradicionais que hoje já fazem parte dos casamentos e que são muito elegantes. Atenção para a letra das músicas, muitas vezes a melodia é muito bonita mas o texto fala de sofrimento, separação, etc…

Saída:

Momento onde uma música mais animada pode ser usada na cerimônia de seu casamento.

Procure fazer a seleção das músicas da cerimônia com uma certa antecedência ao casamento, cerca de 3 meses antes, para que os músicos possam preparar os arranjos e ensaiar se for o caso de uma música inédita. Escolha mais de uma música para cada momento e faça um exercício de mentalização do local, das pessoas e da música que escolheu.

7 Dicas Para Fazer um Casamento Incrivel

1 – Um estilo de decoração lindo para um casamento simples

Uma ótima opção de decoração para casamento simples é o tema rústico ou vintage. Esse tema sempre lembrará algo simples, aconchegante, romântico e cheio de charme.

Outra vantagem é que você pode soltar a sua imaginação em diversos itens da decoração. Por exemplo, use caixotes para formar uma estante, potinhos de vidro com renda para colocar nas mesas, coloque fotos em porta-retratos envelhecidos, use aquele antigo ferro de passar roupa para compor a decoração, enfim, inspire-se com as diversas opções de casamentos rústicos que estão disponíveis na internet e solte sua imaginação.

 

2 – Faça um coquetel ou finger food

Sabe qual é a nova tendência para casamentos? Os pratos finger foods.

Esse novo estilo está cada dia mais em alta, comparado aos tradicionais buffets de casamento. Nesse caso, as comidas geralmente são menus informais servidos em pratinhos pequenos e rústicos, ou até mesmo em potinhos, forminhas ou em colheres, que pode ser comparado aos menus de degustação em restaurantes.

Optando por esse modelo, é possível fazer um casamento simples, econômico e ter uma lista de convidados maior, já que essa opção é muito mais barata do que os tradicionais buffets de casamento que são servidos almoços ou jantares.

 

3 – Case em uma sexta-feira ou em datas alternativas

Se o seu desejo é economizar no custo do casamento, uma ótima opção é casar em uma sexta-feira, no domingo ou em datas alternativas.

Não tem como negar que a maioria dos casamentos acontece nos sábados, e como prevalece a antiga lei da oferta e da demanda, os casamentos ficam mais caros nos sábados se comparados às datas alternativas.

Caso sua família more em outra cidade, uma ótima opção é casar em dias considerados como emendas de feriados, que geralmente são na segunda ou na sexta-feira, e além de economizar no valor do aluguel do espaço e em diversos outros itens, sua família terá mais chances de viajar e estar reunida para celebrar o dia do seu casamento.

Mas pode ter certeza que os convidados não pensarão que você está fazendo isso para economizar.

Já reparou em quais dias acontecem os casamentos dos famosos?

Fernanda Souza e Thiaguinho casaram em uma terça-feira. Preta Gil e Rodrigo Godoy também casaram em uma terça-feira. Então por que você também não aproveita um dia da semana para fazer seu casamento simples, bonito e com muita elegância?

 

4 – Coloque a mão na massa e faça você mesma – DIY

Outra forma de ter um casamento simples e feito com muito amor é colocando a mão na massa e fazendo alguns itens do seu casamento, com as famosas dicas de DIY – Do it yourself, que em português significa Faça Você Mesma.

Dessa forma, certamente os convidados ficarão ainda mais encantados com cada detalhe, sabendo que a noiva, amigos e familiares prepararam diversos itens com muito carinho para que o grande dia acontecesse.

Algumas opções que você mesma pode fazer são:

  • As plaquinhas divertidas para animar a festa
  • Os porta-guardanapos
  • O convite de casamento
  • Ajudar a preparar a decoração
  • As lembrancinhas de casamento
  • Os menus para as mesas

Enfim, existem diversas opções que você mesma pode fazer ou contar com a ajuda de amigos ou parentes. Use sua criatividade!

 

5 – Escolha um local lindo para a recepção

A escolha do local da recepção pode ser um dos fatores que ajudarão a fazer um casamento simples e bonito.

Quanto mais lindo for o local, com mais detalhes e intimista, mas fácil será fazer sua festa de casamento simples e bonita, pois dessa forma, não será necessário colocar muitos itens de decoração no local para causar um impacto positivo nos convidados.

Você já foi a algum restaurante, e mesmo sem nenhuma decoração nas mesas adorou o ambiente?

Já foi a alguma chácara e ficou encantada com o ambiente a sua volta?

Busque lugares assim, que causem uma boa impressão logo na primeira visita.

 

6 – Escolha o vestido de noiva de acordo com a cerimônia

Se o casal gosta do estilo simples, os trajes também devem estar de acordo com o ambiente.

Se optarem por um casamento simples no campo, por exemplo, escolha um vestido de noiva no modelo evasê, com rendas e um tecido leve.

Se decidiram casar no cartório e com uma recepção de casamento na sequência, você pode usar um vestido de noiva curto para celebrar esse momento.

E até mesmo, se escolheram o estilo de casamento vintage, que tal se inspirar nos vestidos de casamento das décadas passadas, usando muita renda e um vestido glamuroso?

 

7 – Capriche na escolha das músicas

As músicas escolhidas sempre serão um ponto importante dos casamentos, independente do estilo ser simples ou sofisticado, pois elas darão o tom da sua cerimônia e da festa de casamento.

Por isso, contrate profissionais comprometidos  a fazer um casamento simples, bonito e que possa traduzir o sentimento dos noivos.

Dicas de Músicas Para o Seu Casamento

 

 

Como escolher as melhores músicas para casamento

Para que tudo fique em harmonia, é fundamental ter atenção ao estilo do casamento, local e quantidade de convidados.

“Uma proposta mais clássica e tradicional pode contar com uma orquestra, com violinos, cellos, piano, por exemplo. Em uma ideia mais descontraída, as possibilidades são diversas: desde um quarteto de cordas até o ‘voz e violão”, explica Roberta Rique, cantora profissional de eventos.

Para garantir que tudo seja incrível e cheio de personalidade, é essencial que a trilha sonora do casamento tenha a ver com a personalidade e história do casal. O ideal é pensarem juntos quais são as músicas que marcaram o relacionamento e que estilo costumam curtir mais. Incorporar essa essência nas músicas é garantia de um momento especial e inesquecível no Grande Dia.

Confira a lista das mais músicas para casamento mais pedidas

Entrada Do Noivo

  • Elton John – Your Song
  • Frank Sinatra – Fly me to the moon
  • Diana Krall – Just the Way You Are
  • Stevie Wonder – Ribbon in the Sky; My Cherie Amour
  • Natalie Cole – Unforgettable
  • Stevie Wonder – Overjoyed; For Once in My Life
  • Roberto Carlos – Olha
  • Sam Smith – Latch
  • Bob Marley – Is This Love
  • Paula Toller – Quem Toma Conta De Mim
  • Djavan – Pétala
  • Tom Jobim – Pela Luz Dos Olhos Teus; Só Tinha De Ser Com Você
  • Roberta Campos – De Janeiro A Janeiro
  • Vanessa da Mata – Case-se Comigo
  • Paulo Moska – Pensando Em Você
  • Aerosmith – I Don’t Wanna Miss a Thing
  • Jack Johnson – Upside Down
  • Renato Russo – Tempo Perdido

Entrada Da Noiva

Marcha Nupcial +
  • Elton John – Your Song
  • Charles Aznavour – She
  • Christina Perri – A Thousand Years
  • Tom Jobim – Eu Sei Que Vou Te Amar; Pela Luz dos Olhos Teus
  • Stevie Wonder – Isn`t She Lovely; Sunshine of My Life
  • The Temptations – My Girl
  • Tony Bennett – The Way You Look Tonight
  • Flávio Venturini – Sol de Primavera
  • Roberta Campos – De Janeiro A Janeiro
  • Nando Reis – All Star
  • Beatles – Something
  • Alicia Keys – If I Ain`t Got You

Benção Das Alianças

  • Franz Schubert – Ave Maria
  • Tom Jobim – Eu Sei Que Vou Te Amar
  • John Newton – Amazing Grace
  • Leonard Cohen – Hallelujah

Nos Bailes da Vida

 

Há 16 anos atrás eu entrava para uma das bandas de baile que mais fez sucesso em Brasília nos anos 2.000, a Joy Band. Foram 8 anos (2002 a 2010) dividindo o palco com grandes músicos e fazendo uma média de 100 shows por ano, ou seja, trabalhando muito. E, olhem que não estou considerando as temporadas de shows em pubs e casas noturnas, apenas bailes de formatura, casamentos, aniversários, carnavais e eventos corporativos. Quem atua nesse ramo nos dias de hoje sabe o quão difícil é ter uma agenda de shows tão lotada. Naquela época eu já cursava Música na UnB, cantava em barzinhos, casamentos, e dava aulas de canto, mas a experiência adquirida nos bailes, é única, não há diploma que o valha.

No baile, o artista tem que ser versátil pra tocar e cantar estilos diversos, tem que renovar seu repertório constantemente e tem que ter preparo físico pra tocar um show de umas 3 horas, pelo menos. Os cantores precisam cantar parecido com os artistas originais e animar o público, afinal, uma boa banda de bailes tem que fazer o povo dançar. Geralmente 2 ou mais cantores se revezam nos vocais pra garantir a diversidade do repertório e um pouco de descanso durante o batidão do show. Tenho orgulho de dizer que dividi o palco com cantores como Elaine Duarte, Angel, Guga Camafeu, Pedro Eduardo, Alírio Neto, Warner Damásio, Larissa Vitorino, todos na época da Joy Band. Aprendi muito com essa turma e, nos dias atuais, divido os vocais com os talentosíssimos Larissa e Gregoree Jr.

Muitos músicos tem um certo preconceito com o cantor/músico de baile por considerar que ele perca sua identidade artística quando passa a execer seu ofício apenas como uma mera cópia do que já foi feito. Não discordo totalmente dessa visão mas acredito que nem todos os músicos sonhem em ter uma carreira como solista, gravar um disco, ou conquistar seu próprio público. Por outro lado, acredito que, a maioria de nós, não abriria mão de se dedicar unicamente à carreira de músico, independente dos palcos e repertórios que tenha que interpretar. O grande barato do baile é que um show nunca é igual ao outro, o setlist é feito na hora e de acordo com o clima da festa e, além de tudo, não precisamos nos preocupar com a quantidade de ingressos vendidos. O público já está certo .

Bem, pensem comigo, como seria uma festa com 3 horas de rock, 3 horas de sertanejo ou 3h só de samba numa festa em que os convidados tem idades e gostos musicais distintos? Aqueles que gostam de rock certamente não curtirão uma balada só de sertanejos, e vice e versa. Um show com tamanha duração pede diversidade de ritmos, estilos e, sobretudo, muito jogo de cintura para adaptações no decorrer da apresentação. O baile sempre será uma bela opção para quem busca uma viagem musical no mesmo show e uma grande escola para o músico que pretende se dedicar à viagem de viver profissionalmente de música. A estes operários da música, todo o meu respeito e admiração.

Abraços musicais e até breve, nos bailes da vida!!!